Top 10 Piores Jogos baseados em Filmes

1 – Pedro Marins Costa – Catwoman ( ou Mulher-Gato em português ), jogo feito a partir do filme de mesmo nome ( do ano de 2004 estrelando a belíssima Halle Berry ), conseguiu ser pior do que o filme. O jogo é simplesmente um lixo, os controles são péssimos, a mecânica do jogo é mal programada, não tem uma história envolvente, acho que a única vantagem de tudo isso é poder jogar com uma personagem bem “saudável” se é que me entendem rsrsrs. Abraços a todos do Game Over

2 – Jayro Hierrezuelo – O Esqueceram de mim 1 e 2 Para Super Nintendo

3 – Fernando Busnardo – Charlie’s Angels, quando você pensa que vai sair um jogo legal baseado em filme das panteras, sai essa bomba… Quando você utiliza um botão para cada ação: socar, chutar, defender e pular. Você percebe que cada espiã tem o seu estilo de luta, mas na realidade só algumas alterações na animação diferem uma da outra. Combos praticamente inexistem, umas vez só 2 ataques em sequência são permitidos. O pior de tudo é: se você fizer um ultra combo com 2 ataques e tiver mais de um inimigo na tela, há uma queda brutal de quadros por segundo, deixando o jogador perdido.

4- – Felipe Guedes – Batman Forever! Apesar de jogá-lo freneticamente quando criança, não dá pra perdoar aquela “obra-prima”.
Os controles são absurdos (Select + R pro arpão por exemplo), os gráficos são horríveis, e a jogabilidade, um requenta de Mortal Kombat não bateu muito bem com o ambiente do morcegão.
Ainda assim, não sei se o jogo é pior que o filme.

5 – Arthur Ribas – Sexta feira 13 do NES

6 – Victor Lima – Rambo! – Jogo horrível, buga toda hora, inimigos com modelagem igual, gráficos horrendos, mecânica péssima! Não tem vantagem nenhuma esse jogo hehe

7 – Brunno Kamei – Rambo, do NES. Achou o Rambo The Videogame ruim? O do NES é ainda pior. Alguns pecados deste jogo:
– Não seguir o roteiro do filme. Exemplo: Lembra a cena em que o Rambo luta contra uma aranha gigante? Não? Pois é. Os produtores botaram isso no jogo.
– Diálogos desnecessários. Exemplo: No início do jogo, seu superior pergunta se você quer ir à missão. Você pode escolher se quer ou não. Mas, se você escolher não, o major te manda essa: “Rambo, o jogo não começa enquanto você não dizer sim.”; para que perguntar, então?
– O mapa não faz sentido. É mais fácil se perder neste jogo que em Dark Souls.
Sabe o que é engraçado? Contra, um jogo do mesmo ano tem mais a essência do Rambo que o próprio jogo do Rambo. Lamentável.

8 – Vinicius Lettieri – Superman 64… bom, o jogo é muuuito , mas muuuito ruim, não pela plataforma, pois por mais antiga que seja existe jogos excelente, os produtores fizeram um jogo de qualquer jeito, sem explorar o que o já era oferecido em filmes, desenhos e series que já tinham por ai.

9 – Iran Nunes – Street fighter the movie (Arcade), cara como eles tiveram a audácia de usar sprites dos atores? Sem falar na jogabilidade travada. Uma vergonha para a franquia street fighter.

10- Jorge Luis – E.T. do Atari, não preciso nem falar o motivo, apenas vendo a Gameplay dele já dá vontade de arrancar os olhos

Comentários

comentários

No comments yet.

Leave Your Reply

PROGRAMA GAME OVER

O programa de games mais completo do Brasil!

8 anos de estrada, transmitido pela BAND em 266 cidades no Paraná e também no Espírito Santo.

Horário: Sábado às 10 da manhã.
Apresentação: Arthur Ribas e Thiago Ribas.

Se Inscreva no Canal

No Facebook

Tweets

Corre que o jogo Chivalry: Medieval Warfare tá de graça na Steam até hoje! https://t.co/NM7PkDd3hn
Hoje as 22h tem vídeo do anúncio do Projeto Secreto do Thiago! https://t.co/kQBumSQhGk